Exibir tudo

Depilação masculina: tudo o que você precisa saber

O visual das cavernas é coisa do passado! Cada vez mais, os homens procuram procedimentos estéticos para se cuidar e isso inclui a depilação masculina. Além de se livrar dos pelos incômodos, o procedimento também é higiênico.

Mas você sabe quais áreas podem ser depiladas? Qual a melhor técnica? Criamos este post para tirar todas suas dúvidas, explicar os melhores métodos e mostrar que a depilação pode ser uma grande aliada do público masculino. Confira:

Por que optar pela depilação?

Manter os pelos aparados demanda uma grande parte de horas nos dias e nas semanas dos homens. Por arrancar a raiz dos fios, a depilação faz com que os pelos demorem mais a crescer e o retoque demore dias.

Além disso, ajuda a combater a foliculite, mais conhecida como pelo encravado, que costuma a coçar e se transformar em pequenas bolinhas vermelhas na pele.

Quais áreas depilar?

Não há nenhuma restrição e você poderá depilar qualquer área que tem pelos indesejados! Pode ser a barba, axilas, tórax, costas e até a região íntima (desde que seja feita por um profissional experiente e com bastante cuidado).

Conheça as principais técnicas de depilação masculina

Existe uma diversidade de métodos para realizar a depilação. Conheça as principais, seus prós e contras:

  • Lâmina de barbear: um item muito conhecido por todos homens promete uma depilação indolor e prática, porém com um resultado de curto prazo. Não é indicado para quem tem pele sensível, pois pode causar alergias e machucar a pele.
  • Creme depilatório: também uma opção que não causa dor e de fácil aplicação, porém pode gerar alergia já que tem ingredientes químicos na composição e não interrompe o crescimento dos pelos, o que pode ocasionar a foliculite.
  • Linha: uma boa opção, principalmente para a região facial, pois atua como um leve esfoliante promovendo a regeneração celular. Também ajuda a retirar penugens e não causa irritação da pele, mas não é indicada para grandes áreas e o resultado não é duradouro.
  • Cera: existem as modalidades quente e fria, que têm propósitos diferentes. A cera fria é de mais fácil aplicação, mas não pode ser utilizada em todas as áreas do corpo e o processo costuma a ser bastante doloroso. Já a cera quente facilita o processo de remoção dos pelos por dilatar os poros. As duas técnicas ajudam na diminuição dos pelos e o retoque deve ser feito, em média, em torno de 15 a 20 dias. Mas fique atento! Elas podem gerar alergias e até queimaduras no caso da cera quente.
  • Luz Pulsada: também conhecida como fotodepilação, é um dos métodos indicados para quem tem muitos pelos encravados, pois ajuda a afiná-los, além de eliminar grande quantidade de fios. O resultado é duradouro, porém pode ser um processo dolorido e em fios claros, como grisalhos e loiros, tendem a não ter um bom resultado.
  • Laser: diferenciando-se da luz pulsada por precisar de menos sessões e ser indicado para todos os tipos de pelo, o laser se destaca como a melhor opção de custo-benefício, pois elimina os fios de forma definitiva ou por um longo período. Além disso, combate a foliculite e ajuda a clarear as áreas onde é aplicado. Porém, é necessário ter cuidados constantes durante todo o tratamento e suas aplicações podem ser dolorosas.

A depilação masculina é uma tendência que deve ganhar cada vez mais adeptos! Um procedimento estético que ajuda a deixar o visual mais clean e colabora no tratamento dos fios dos homens que, por serem mais grossos, precisam de atenção especial.

Ficou interessado pelo assunto? Já realizou algum tipo de depilação? Deixe seu comentário aqui no blog e conte para nós!

Chame-nos no chat

E agende uma avaliação gratuita!

A Skinmax possui uma vasta linha de tratamentos para sua beleza.

doctor2

SiteLock